Menu


Jordana

Causa criada por maristela

  • R$557
    Ajudados de R$1.500.000
  • 11
    Doações
  • 0
    Seg restantes
0 %
O objetivo dessa causa foi atingido parcialmente.
Causa criada por maristela
2 causas, 0 contribuições
Jordana

Ola titios e titias, me chamo Jordana e estou internada no hospital menino Jesus em São Paulo.

Sobrevivo com a ajuda de aparelhos e preciso fazer uma cirurgia para a colocação de um marca passo, o valor total de minha cirurgia, já incluso o marca passo e os cuidados do pós operatório sai em cerca de 1 milhão e 500 mil reais.

E você me pode me ajudar com qualquer valor, vamos contribuir?

Conheça minha história mais detalhada.

Página no Facebook:
https://www.facebook.com/ajudejordanaarespirar

Mais Fotos:
http://goo.gl/1CqwES

Documento com o Histórico de Jordana:
http://goo.gl/HKI5Gb


Hoje 27 de Agosto de 2014, há mais de 1ano na UTI do Hospital Municipal Infantil Menino Jesus. A Jordana nasceu dia 07/12/2012 de 36 semanas e com 42cm, ficou internada na Maternidade Cachoerinha por aproximadamente 20 dias, para ganhar peso, neste período de internação a pequena Jordana não teve nenhuma intercorrência, inclusive foram realizados diversos exames para verificar o Estado de saúde da RN. Teve alta e fomos para casa como um bebê normal...

Brincava se alimentava com leite materno e também mamadeira, mexia pernas e braços , sorria, interagia e mantinha o tronco firme conforme a sua idade e também a sua imaturidade de um prematuro. Por volta do dia 14/03/2013, a JORDANA começou a apresentar um quadro normal de gripe, com corisa, tosse e evoluiu para febre, foi quando eu procurei o Hospital de Caieiras, apenas fizeram a medicação normal, não realizando nenhum exame mais detalhado. Já no dia 15/03/2013 por volta das 6hs da manhã, a Febre da RN evoluiu para 38 graus, foi quando mais uma vez retornamos ao mesmo Hospital, a mesma foi atendida, e foi diagnosticada com uma gripe, tomando inalação e medicando com antitérmico, a Pediatra de plantão solicitou RX, porém afirmou que a mesma, apenas estava com um quadro Viral. Voltamos para casa, a febre foi controlada, chegando próximo do meio dia a RN começou a ficar Gemente e muito febril, chegou a 39graus, foi quando eu tomei a decisão de procurar outro hospital. Chegamos no Hospital Menino Jesus em torno das 13hs ela foi atendida, foi internada imediatamente, pela questão da Gemencia e Também do quadro Febril Alto, foram realizados diversos exames, como Hemograma, licor para Meningite e tantos outros e inclusive o RX. Neste momento a Jordana foi internada apenas com o diagnóstico de Bronquiolite, ficou na enfermaria durante 4 dias, então houve um quadro de bronco aspiração alimentar e evoluiu, convulsionando e havendo a necessidade de UTI e entubação traqueal, hiperventilando um pulmão, houve a necessidade de extubação e reentubando , então evoluiu para um quadro de pneumotórax. Neste momento foi levantada a hipótese de que ela tivesse uma Hérnia Diafragmática, em função da imagem do RX. Houve melhora do quadro e teve alta no dia 04/04/2013.

Ao chegarmos em casa a Jordana, se manteve estável por 10 ou 12 dias, porém comecei a notar que a pequena não mais se alimentava com tanta facilidade, e ainda se mantinha cansada e também com corisa... continuei medicamento, com os anticonvulsivos. A madrugada do dia 23/04/2013 a RN começou a ter tosse e também apresentou febre de 38graus. Mediquei com antitérmico, a febre foi controlada. Por volta do meio dia, percebi que ela estava novamente gemente, então retornei Imediatamente ao Hospital Menino Jesus. Levaram ela para sala de emergência em função da gemencia e também do quadro febril, novamente foi reentubada, diagnosticando um quadro de broncoaspiração alimentar em casa e pneumonia. Foi levada diretamente para UTI, com quadro de dessaturação, hipotermia e também taquicardica, entrou com diversos antibióticos e toda a medicação necessária de pneumonia. Havendo melhora, porém permanecia entubada. No dia 25 ou 26 do mês 04/2013, a Bebe foi extubada e colocada no CEPAP para ventilação mecânica, então foi retirado o CEPAP, em torno do dia 27/04/13; Neste dia da melhora e da retirada do CEPAP, a JORDANA já estava Saturando bem em torno de 92, mas ainda estava com cateter de 1 ou 2lts., e também monitorizada e ainda necessitando de aquecimento térmico, a temperatura corpórea bastante oscilante, as vezes febril outras hipotérmica. Chegando a noite em torno das 21hs, eu Rosinei, mãe da pequena JORDANA, desceu do 7andar onde esta localizada a UTI, para tomar um café, este período durou não mais que 20minutos. Ao retornar me deparei com a minha filha no corredor, em seu berço, sozinha, fora do seu leito, sem nenhuma monitorização. Então foi informada pelo enfermeiro de plantão que o meu Bebe estava de alta e iria ser levada para enfermaria (5º andar), neste mesmo momento me opus, porque havia muitas crianças com quadro de infecção respiratória, então fomos levados para uma sala de isolamento no pronto atendimento, ao chegamos lá, me deparei simplesmente com uma sala sem nenhum tipo de monitorização, não tinha termômetro, não possuía medidor cardíaco e nem de pressão, não possuía aquecimento e muito menos um oxímetro portátil. Então comecei a questionar as enfermeiras que nos levou até aquele leito, se iriam providenciar os equipamentos necessários para JORDANA. As horas foram se passando e comecei a observar que ela estava respirando com a boca aberta, fazia movimentos de asa com o nariz, e começou a ficar muito cianótica, e não parava de chorar, foi tantas vezes pedir que algum enfermeiro a visse, mas depois de tanta insistência foi atendida, a enfermeira veio e verificou a saturação e também providenciou um oxímetro portátil, mas ela continuava a chorar e muito.

Ela não consegue respirar sozinha. Necessita de aparelho e ventilação mecânica. Temos um médico que pode fazer uma cirurgia para fazê-la respirar sozinha. Para tanto precisamos arrecadar dinheiro para compra de um marca-passo (importado) e despesas médicas e hospitalares e de recuperação. Ela atualmente está no SUS e este não fornece o aparelho e cirurgia. Obrigada pela preocupação. Por favor, compartilhe a página e peça a seus amigos para curtirem a pagina. Quanto mais pessoas envolvidas, mais fácil de alcançar nosso objetivo. Muito obrigada!

...