Menu


Unidos Pela Serena

Causa criada por Gabriela de Savio Silva

  • R$92
    Ajudados de R$10.000
  • 6
    Doações
  • 0
    Seg restantes
0 %
O objetivo dessa causa foi atingido parcialmente.
Causa criada por Gabriela de Savio Silva
1 causas, 0 contribuições

Serena nasceu em Campinas - SP dia 20/02/2016 com uma má formação no intestino (atresia de colun).

Com três dias de vida foi submetida a sua primeira cirurgia, a princípio era apenas essa e ir pra casa, mas após vinte dias precisou ser submetida novamente a cirurgia, onde perdeu 60 cm de intestino, pois havia rompido e necrosado boa parte do mesmo. Essa cirurgia foi bastante pesada, por conta da infecção local que se alastrou dentro dela causando choque séptico.

Com uma semana e meia da segunda cirurgia, houveram algumas intercorrências precisando novamente ir para o centro cirúrgico, que por conta da perda de volume teve outro choque, chamado choque hipovolêmico.

Com cerca de 50 dias, Serena já havia passado por 5 cirurgias no total.

Sem intercorrências, ficou aguardando o melhor momento para abordar novamente e começar a reconstrução do intestino.

A reconstrução foi feita, mas infelizmente abriu uma fístula (quando o intestino não segura o ponto e abre um furinho), com 5 meses e meio de vida já totalizava 7 cirurgias.

No dia 17/08/2016, prestes a completar 6 meses, precisou ser submetida a mais uma cirurgia, e infelizmente foi constatado que tudo que tentaram salvar na reconstrução, já não dava mais.

Por conta de inúmeras perdas (cm) de seu intestino, ficou com cerca de 5cm de intestino delgado e metade do intestino grosso, sendo diagnosticado então, como síndrome do intestino ultra curto.

Desde que nasceu não pode ser alimentada via oral, dependendo então de uma nutrição na veia (nutrição parenteral). A nutrição parenteral quando usada por muito tempo pode causar défice no fígado, rim, entre outros órgãos.

Hoje pra que a nossa pequena consiga sobreviver por muitos anos, é apenas com o transplante de intestino. A cirurgia e tratamento, que só são realizados no exterior, são muito caros, cerca de 4 milhões de reais.

O fato é que essa pequena guerreira luta pra viver desde que nasceu, infelizmente ainda não conheceu sua casa e não pode levar uma vida normal. Apesar de todo esse sofrimento ela nos mostrou o quanto é forte e quanto se desenvolve, nos dando força e determinação para continuarmos lutando.

Serena agora precisa ganhar o peso certo para fazer a cirurgia, o que levará cerca de um ano, e esse é o tempo que temos para arrecadar todo o dinheiro e ajuda possível para a realização da cirurgia e os custos com a viagem. Por isso que a sua ajuda é tão importante para nós.

Mais informações:
Facebook