Menu


Avante Victinho

Causa criada por Cláudio de Souza silva

  • R$2
    Ajudados de R$4,000
  • 1
    Doações
  • 82
    Dias restantes
0 %
Esta causa vai manter todo o dinheiro contribuído.
AJUDE AGORA
Avante Victinho

Essa é a história de um anjo entregue por DEUS a nós, com uma síndrome rara, mas que mesmo com tantos obstáculos, esse anjo continua seguindo com a força de Deus. Conheçam essa linda história.

Olá amigo (a) solidário (a).

A história deste então chamado pequeno herói pelos médicos mais bem preparados do hospital meridional em Cariacica-ES.

Começou no primeiro dia de vida, quando no hospital a pediatra disse para nós, vou liberar vocês com uma condição, que antes de ir para casa vocês precisam ir ao cardiologista e após isso, tudo começou, cardiologista, neurologista, ortopedista, fonoaudiólogo, fisioterapeuta. Por dia eram 11 tipos de medicamentos, mas nada disso foi maior que nossa fé em um Deus.

Hoje com 7 anos, ainda nosso filho não anda, não fala, não foca o olhar, não chora, como disse a genetista: ele é uma caixinha de surpresa, não sabemos o que será dele no amanhã, para nós os pais, o amanhã pertence a DEUS, mas o hoje que DEUS nos permitir, seremos suas pernas, seus olhos, e sua voz.

É nosso maior presente dado por DEUS, mesmo em 7 anos eu não ter ouvido a palavra papai e minha esposa a palavra mamãe, nós entendemos tudo que ele tenta passar para nós. Obrigado senhor por nós entregar esse anjo a nosso cuidado.

Hoje, nosso pequeno herói avança aos poucos mas nunca desiste, é uma luta por dia, mas várias vitórias diariamente, só temos a agradecer a Deus por essa experiência, todo dia é uma expectativa e muitas novidades, precisamos levá-lo a São Paulo para análise com os melhores profissionais, e onde existem profissionais que conhecem de perto a síndrome chamada Wolff-Hirschhorn. Pouco se fala sobre essa síndrome por isso que a neurologista nos disse que nosso filho é uma caixinha de surpresa e que deveríamos esperar por tudo.

Precisamos de equipamentos para trabalharmos a questão motora, como por exemplo um PARAPODÁRIO, esse equipamento ajudaria muito para mantermos ele em pé e gradativamente isso permanecer neurologicamente na mente dele, e se tornar parte da rotina  dele. Ele já está muito pesado para a mãe dar banho no colo, precisamos de uma cadeira de banho.

Nossa família conta primeiramente com a ajuda de Deus e com familiares, e agora contamos com  você leitor, que de alguma maneira foi tocado por essa história. Sei que tomará a decisão certa.

Fiquem na  Paz  de Cristo e que o  mesmo Senhor possa conceder saúde a todas as famílias.

http://criancaespecial.com.br/o-que-e-sindrome-de-wolf-hirschhorn/